Entrar
Esqueceu a sua senha?
Poll
Está familiarizado com as consequências das alterações climáticas na saúde?
 Sim
 Não
 Vagamente
 
Você está aqui: Entrada / Members / hugosilva / Braval inicia recolha de óleos domésticos

Braval inicia recolha de óleos domésticos

Este projecto piloto arranca no início de Setembro.

A Braval, empresa de valorização e tratamento de lixo do Baixo-Cávado, arranca em Setembro com um projecto pioneiro no país, que recolherá, ao domicílio, os óleos alimentares domésticos, para abastecer a biodiesel as frotas de transportes e viaturas camarárias de vários municípios da sua abrangência. "Chama-se Óleo Valor+ e a diferença está no facto de a nossa iniciativa ser sobretudo ambiental, de irmos a casa das pessoas e de não procurarmos lucros, mas sim o equilíbrio", resume o gestor, Pedro Machado.

Muito mais do que as empresas que têm feito, com fins económicos e ao longo dos últimos anos, recolhas nos locais de grande produção de óleo usado, a Braval quer ir mais longe, ao possibilitar ao consumidor comum "oferecer" o óleo alimentar gasto, sem trabalho ou gastos. Para tal, serão distribuídos mais de 50 mil contentores, designados "oleões", em praças e locais públicos da cidade, em data a definir.

"Queremos também ir buscar o óleo do Regimento de Cavalaria 6, seminário, cantinas escolares e restaurantes que não tenham ainda protocolos e acordos", explica o responsável, que lançou, esta semana, o concurso público para a aquisição dos contentores, de duas viaturas para recolha e da máquina de tratamento de óleos que fará a transformação para o biodiesel. "Disponibilizaremos um número verde, para quando as pessoas ligarem quando quiserem despejar os seus oleões", esclarece ainda, revelando que, com esta medida, quase dois milhões de toneladas de óleo deixarão de ser despejados, anualmente, para a rede de saneamento da região, evitando muitas das consequências adversas que isso implica para as estações de tratamento de águas residuais.

O projecto, que custará 500 mil euros é financiado pelo PON, foi aprovado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte, "na altura, com uma grande visão de Ricardo Magalhães e Isabel Vasconcelos", assinala Pedro Machado, que esclarece que o projecto visa recolher 25 mil litros, mensalmente, a usar, depois, no abastecimento próprio, nos autocarros dos Transportes Urbanos de Braga, Agere e carros da Câmara, tal como nas frotas municipais de Vieira do Minho, Póvoa de Lanhoso, Vila Verde, Terras de Bouro e Amares.

fonte: Denisa Sousa (Jornal de Noticias)

Acções do Documento