Entrar
Esqueceu a sua senha?
Poll
Está familiarizado com as consequências das alterações climáticas na saúde?
 Sim
 Não
 Vagamente
 
Você está aqui: Entrada / Members / hugosilva / Quatro municípios unidos para salvar Rio Ferreira

Quatro municípios unidos para salvar Rio Ferreira

Os municípios de Paços de Ferreira, Paredes, Valongo e Gondomar iniciaram esta quarta-feira um projecto de requalificação ambiental do rio Ferreira, um dos mais poluídos do distrito do Porto.

A acção, que abrange 33 outras entidades públicas e privadas, designa-se «Corrente rio Ferreira» e vai abranger a totalidade do leito e margens daquele curso de água, numa extensão de 43 quilómetros.

O território inclui zonas classificadas na Rede Natura 2000, desde a nascente, em Paços de Ferreira, até à confluência com o rio Sousa, em Gondomar, mas também zonas muito industrializadas, sobretudo empresas de mobiliário.

Os quatro presidentes de câmara - os social-democratas Pedro Pinto (Paços de Ferreira), Celso Ferreira (Paredes) e Fernando Melo (Valongo) e o independente Valentim Loureiro (Gondomar) - assinaram esta quarta-feira, na freguesia de Ferreira, Paços de Ferreira, o protocolo que define os termos do projecto.

O objectivo principal da iniciativa, que é inspirada na recuperação ambiental do Rio Leça, realizada pelo município de Valongo, passa pela reabilitação ambiental de toda a bacia do rio Ferreira, abrangendo 183 quilómetros quadrados, onde residem cerca de 150 mil pessoas.

Também formalizaram o acordo os representantes de outras entidades parceiras do projecto, incluindo a CCDR-N, a Administração da Região Hidrográfica do Norte, as faculdades de Engenharia e Ciências da Universidade do Porto, empresas concessionárias das redes de água nos quatro municípios, Quercus, DECO, Lipor e 20 juntas de freguesia.

O projecto inclui um plano de acções para reduzir o número de indústrias com má ligação à rede de saneamento, a melhoria do desempenho das estações de tratamento de águas residuais e a limpeza e recuperação do leito e margens do rio.

Nos próximos quatro anos (período de vigência do projecto), os quatro municípios vão disponibilizar meios técnicos e humanos para o desenvolvimento das diferentes acções.

Os promotores anunciaram que as escolas da região vão ser convidadas a participar em várias acções tendo como objectivo a sensibilização ambiental dos mais jovens.


Acções do Documento