aru.png

Poll
Está Interessado em adotar um animal de companhia? A Próxima Feira de Adoção é já no dia 28 de outubro (15H-17H), no Parque Central da Maia
 Sim
 Não
 Talvez
 
Você está aqui: Entrada / Members / pmacedo / Maiambiente, uma empresa de excelência ao serviço da Maia e do Ambiente

Maiambiente, uma empresa de excelência ao serviço da Maia e do Ambiente

   
   

Carlos Mendes, Director Geral da Maiambiente - Empresa Municipal do Ambiente, E.M.


Quando surgiu a empresa Maiambiente? E porquê?

A Maiambiente resulta, antes de mais, da atenção que a Câmara Municipal da Maia sempre dedicou a este serviço, e da visão dos seus responsáveis. Num mundo em constante mutação, onde as preocupações com o ambiente assumem uma importância cada vez mais relevante, onde as necessidades dos munícipes são cada vez mais exigentes e onde a disponibilidade de meios financeiros é cada vez mais escassa, a criação desta empresa municipal surge em 31 de Agosto de 2001, como resposta à necessidade de fazer mais, fazer melhor, com custos optimizados



Quais os principais orgãos da Maiambiente?

Os órgãos sociais da empresa são o Conselho de Administração, cuja nomeação é da responsabilidade da C. M. da Maia, o seu único accionista, o Fiscal Único, responsável pela fiscalização da sua actividade, e o Conselho Geral, um órgão consultivo constituído por representantes de diversos sectores da sociedade.

 

Qual a missão e valores da empresa? Quais os seus objectivos? Quais as suas principais actividades?

A Maiambiente tem como objecto principal, definido na sua escritura de constituição, a remoção de resíduos sólidos urbanos e equiparados a urbanos, a recolha selectiva de materiais recicláveis e a manutenção da higiene e limpeza dos locais públicos. Pretendemos, através da qualidade e inovação dos serviços e da eficiência na gestão dos recursos, posicionarmo-nos perante os nossos clientes e o mercado, como empresa de excelência e referência.


foto2


Pode avaliar sumariamente a actividade da empresa até hoje?

A actividade operacional da Maiambiente teve início em Janeiro de 2003. Até Abril de 2005, e de forma faseada, foi realizada a transferência dos serviços até então sob responsabilidade directa da C. M. da Maia.

Entre outras, podemos referir ao nível das infra-estruturas e equipamentos, o aluguer e adaptação das actuais instalações operacionais onde agora se concentra, com as consequentes vantagens, a gestão de toda a actividade da empresa ou o recondicionamento e renovação da frota de viaturas cuja idade média era elevada.

Ao nível dos serviços, o substancial aumento da rede de ecopontos, a criação de serviço de recolha selectiva porta-a-porta de resíduos orgânicos em grandes produtores, o início do projecto de recolha selectiva porta-a-porta de 5 fracções (papel, embalagens, vidro, matéria orgânica e resto) em edifícios e habitação colectiva, o início de distribuição de contentores de uso particular, ou o alargamento em cerca de 50% da limpeza pública regular. Relativamente ao backoffice, uma referência para a criação do portal da empresa, como forma de potenciar a interacção com os munícipes, outra para a implementação do sistema de gestão electrónica de pedidos e reclamações, como forma de eliminação do recurso ao papel, segurança na gestão da informação e redução dos tempos de resposta.

 

Qual o perfil médio dos colaboradores?

Os actuais 160 colaboradores, dividem-se entre funcionários da autarquia, cerca de 82% e contratados, os restantes 18%. Os quadros superiores, num total de 9 elementos, com licenciatura em diversas áreas, têm idade média de 35 anos. As chefias intermédias, condutores e cantoneiros, têm idade média de 40 anos, e escolaridade mínima obrigatória. Temos privilegiado, nas recentes contratações, candidatos com idade inferior a 30 anos e escolaridade igual ou superior ao 9º ano.

 

Porquê a aposta na certificação de qualidade?

A Maiambiente foi a primeira empresa municipal do país a obter a certificação do sistema de gestão da qualidade segundo a norma ISO 9001:2000, no âmbito a sua actividade. A certificação, mais do que um símbolo ou uma bandeira é uma importante ferramenta de gestão que antes de mais, orienta e focaliza a actividade da empresa para os requisitos dos clientes, na constante procura de melhoria.

 

Como decorreu o processo de certificação?

Foi um processo que decorreu durante um período recorde de 8 meses, pelo que se pode concluir ter sido exemplar. Foram elaborados dezenas de procedimentos, impressos e instruções de trabalho, realizadas centenas de horas de formação com todos os colaboradores. O dia 3 de Novembro foi instituído como o “dia da qualidade” na Maiambiente.

 

Quais os novos projectos previstos?

Os principais projectos para o futuro concentram-se, por um lado no alargamento do serviço de recolha selectiva porta-a-porta quer quanto à área de cobertura e tipologia de clientes, quer quanto à diversidade dos resíduos a recolher e, por outro lado a melhoria da qualidade do serviço de recolha indiferenciada, que pressupõe, além da contentorização do serviço em todo o concelho, a reorganização dos circuitos de recolha, relativamente a frequências e horários mais adaptados às novas realidades.

 

A Maiambiente tem alguma política de responsabilidade social?

Esse é um assunto de extrema importância, sobre o qual estamos a preparar diversas iniciativas. O quadro de pessoal da Maiambiente integra 5 colaboradores portadores de deficiência motora, sendo igualmente desejo da sua administração, promover iniciativas de apoio a projectos de solidariedade social. Continuaremos a estimular e apoiar os colaboradores mais fragilizados da empresa, no diagnóstico e acompanhamento médico, com vista à sua plena integração na empresa, na família e na sociedade.

  

Origem da entrevista:

Econews 38, 11/2005 – Formato Verde – Educação para a Sustentabilidade

http://www.formatoverde.pt


Outras Entrevistas