Entrar
Esqueceu a sua senha?
Poll
Está familiarizado com as consequências das alterações climáticas na saúde?
 Sim
 Não
 Vagamente
 
Você está aqui: Entrada / Ambiente / Mobilidade e Acessibilidade / Viajar na Maia / Caraterização da Rede de Infraestruturas

Caraterização da Rede de Infraestruturas

 

 

 

AÉREA

Existem no concelho duas infraestruturas aeroportuárias, uma internacional, o Aeroporto Internacional Francisco Sá Carneiro, e a outra com um cariz mais regional e lúdico, o Aeródromo Municipal de Vilar de Luz.

 

FERROVIÁRIA

A Maia regista em atividade, no seu território, a "Linha do Minho", a "Linha de Leixões" e a "Concordância de S. Gemil" (estas duas últimas mais vocacionadas para o transporte ferroviário de mercadorias).

 

Ao nível do metro ligeiro de superfície, o concelho é servido por três Linhas do Metro do Porto:

- Linha B (Vermelha) - Estádio do Dragão - Póvoa do Varzim;

- Linha C (Verde) - Estádio do Dragão – ISMAI;

- Linha E (Violeta) - Estádio do Dragão – Aeroporto.

 

RODOVIÁRIA

Situado no centro da Área Metropolitana do Porto, a Maia beneficia do cruzamento e atravessamento de diversos eixos rodoviários de grande importância regional e nacional:

A3 – no eixo sul/norte, sendo a ligação fundamental entre o Porto (2.ª maior cidade de Portugal) e a fronteira com Espanha (Valença), passando pelos distritos do Porto, Braga e Viana do Castelo.

A4 – no eixo nascente/poente surge a autoestrada de Trás-os-Montes e Alto Douro que, atualmente, liga Matosinhos a Amarante.

A41 – no eixo nascente/poente, CREP - Circular Regional Exterior do Porto que circunda a região do Grande Porto e com ligação entre Matosinhos e Picoto.

VRI – Via Regional Interior liga a A41 (junto ao Aeroporto Internacional Francisco Sá Carneiro) à A4 (em Custóias). Apesar da Curta extensão (3 km) assume-se como via importante na ligação do Aeroporto à Cidade do Porto.

Beneficia de proximidade ao seguinte eixo da rede viária nacional: A28.

Acções do Documento