Entrar
Esqueceu a sua senha?
Poll
Está familiarizado com as consequências das alterações climáticas na saúde?
 Sim
 Não
 Vagamente
 

ETAR de Parada

Desde 1992 que a ETAR de Parada apoia uma parte significativa da bacia hidrográfica do rio Leça, tratando os efluentes de cerca de 75% do Concelho da Maia e de uma grande parte da freguesia de S. Mamede Infesta, do Concelho de Matosinhos.

 A ETAR de Parada abrange um total de mais de 80000 habitantes, tratando um caudal médio de 18000 3/dia.

O Processo de tratamento do efluente é caracterizado por duas fases:

      
ETAR de Parada
 Tratamento da fase líquidaTratamento preliminar (gradagem e desarenação)
Tratamento primário (decantação)
Tratamento biológico (por lamas activadas)
 Tratamento da fase sólidaEspessamento
Digestão anaeróbia (sem oxigénio, a quente)
Desidratação mecânica

Para além do tratamento das águas residuais propriamente ditas, a ETAR de Parada procede igualmente à reciclagem das lamas produzidas no processo de tratamento, sendo estas submetidas a um processo de transformação por microrganismos sem oxigénio (digestão anaeróbia) após o seu espessamento.

Na ETAR de Parada procede-se igualmente ao aproveitamento do biogás produzido na estação para gerar electricidade, tendo como um dos objectivos conseguir a autosuficiência energética. O biogás acumulado é utilizado como combustível no queimador das caldeiras com água destinada a aquecer as lamas ou, alternativamente, alimenta dois grupos geradores que produzem energia eléctrica.

A lama seca, cuja concentração em sólidos chega aos 30%, é descarregada directamente para a Estação de Compostagem de Lamas contígua à ETAR ou então para contentores. Nesta instalação é produzido um correctivo orgânico denominado Agronat. O Agronat resulta da compostagem conjunta (co-compostagem) dos biosólidos-lamas com casca de pinheiro moída em condições controladas. O composto resultante é 100% natural, higienizado, inodoro, com elevado conteúdo de substâncias húmicas, que pode ser armazenado e manipulado sem quaisquer problemas e que tem funções altamente benéficas para a formação e fertilidade dos solos.

Para adquirir o composto, pode utilizar o seguinte número: 229 021 933.

    Agronat2
O Agronat é um produto: 

- Rico em matéria orgânica bem estabilizada
- De baixa salinidade
- Cujo teor e metais pesados não é condicionante
- Produto rico em micro nutrientes
- Cujo teor de macro nutrientes é significativo à escala de correctivo orgânico
- Reformador da actividade microbiológica no solo

 
A Aplicação regular de Agronat nos solos aumenta a capacidade de retenção de água nos solos, melhorando significativamente a sua estrutura e a capacidade de penetração do ar para oxigenação nas raízes das plantas. Além disso faz diminuir a quantidade de adubos químicos a fornecer às culturas.

A longo prazo o composto oferece um rendimento económico médio-alto, pois melhora as condições do solo e consequentemente, das culturas que, por sua vez, aumentam a respectiva rentabilidade económica.

Deste modo, o seu elevado valor fertilizante é da maior qualidade para a utilização de forma directa em agricultura, horticultura, viticultura, jardinagem, entre outros fins.


Para saber mais sobre compostagem e suas aplicações veja em Resíduos e solo.

Para mais informações deve contactar:

ETAR de Parada:
Lugar de Parada
Águas Santas

229 021 933

Acções do Documento