aru.png

Poll
A Semana Europeia da Mobilidade 2017 tem como tema “A Partilhar Chegamos Mais Longe”. Costuma praticar/utilizar a partilha de veículos nas suas deslocações diárias?
 Sim
 Não
 Não, mas tenciono começar a partilhar
 
Você está aqui: Entrada / Bacias hidrográficas recuperam da seca meteorológica

Bacias hidrográficas recuperam da seca meteorológica

No âmbito do acompanhamento que o Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia (MAOTE) vem desenvolvendo sobre a situação de seca meteorológica do País, teve lugar uma reunião entre o ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva, o secretário de Estado do Ambiente, Paulo Lemos, a direção da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e os diretores regionais das Administrações de Região Hidrográfica (ARH), na qual foi feito o balanço do ano hidrológico 2014/2015, que terminou a 30 de setembro
Concluiu-se que a situação de seca hidrológica está afastada, uma vez que as bacias hidrográficas nacionais já revelam sinais de recuperação da situação de seca meteorológica.

De acordo com o estabelecido no Sistema de Vigilância e Alerta de Secas e no Plano de
Prevenção, Monitorização e Contingência para Situações de Seca, no final de setembro verificava-se não só a verificar a ausência de seca hidrológica, como efetivamente se registou um aumento do volume de água armazenado nas bacias do Lima, Cávado e Ave.

De acordo ainda com os dados disponíveis, das 60 albufeiras monitorizadas, sete apresentam disponibilidades hídricas acima de 80% do volume total e apenas 12 têm disponibilidades inferiores a 40 por cento do volume total. No entanto, nenhuma destas albufeiras se encontra em situação que justifique a declaração de seca. Por outro lado, os armazenamentos de setembro de 2015 por bacia hidrográfica apresentam-se superiores às médias de armazenamento de setembro 1990/1991 a 2013/2014, exceto nas bacias do Lima, Mondego, Tejo, Sado e Guadiana, que estão ligeiramente abaixo da média.

Como resultado da reunião, foi ainda convocada uma reunião ordinária da Comissão de Gestão de Albufeiras para, nos termos da legislação em vigor, discutir e aprovar programas de exploração de albufeiras, em preparação do novo ano hidrológico, que teve início no dia 1 de outubro.

Acções do Documento