aru.png

Poll
A Semana Europeia da Mobilidade 2017 tem como tema “A Partilhar Chegamos Mais Longe”. Costuma praticar/utilizar a partilha de veículos nas suas deslocações diárias?
 Sim
 Não
 Não, mas tenciono começar a partilhar
 
Você está aqui: Entrada / DESTAQUES / Informação sobre património paisagístico e hidrográfico da Área Metropolitana do Porto disponível em portal online

Informação sobre património paisagístico e hidrográfico da Área Metropolitana do Porto disponível em portal online

A Área Metropolitana do Porto (AMP) apresentou no passado dia 7 de novembro, em Gondomar, os portais online SÍTIOS (http://sitios.amp.pt/) e RIOS (http://rios.amp.pt/). As ferramentas, com informação sobre o património paisagístico e hidrográfico da região, estão agora disponíveis para consulta na Internet a todos os interessados.

 

“Os portais SÍTIOS e RIOS são mais um bom exemplo de integração e trabalho entre todos os municípios da AMP. Um projeto comum, que identifica os principais pontos paisagísticos e hidrográficos da nossa região na Internet”, afirmou Hermínio Loureiro.

O Presidente da Área Metropolitana do Porto referiu também que "este é um projeto muito importante a nível científico e do conhecimento, e que pode ser consultado por diferentes públicos (empresas, estudantes, investigadores, turistas, etc.), para os mais diversos fins”.

“É também uma forma de valorizar, proteger e promover o nosso património único. Quero deixar uma palavra de agradecimento e elogio a todos aqueles que contribuíram para a elaboração dos portais, esperando que este projeto possa continuar a crescer e a desempenhar um papel importante ao nível da informação territorial da AMP”, prosseguiu o autarca.

O Portal SÍTIOS destina-se a todos os interessados pelo património paisagístico da AMP e está orientado para os tempos de recreio e lazer ao ar livre dos seus residentes e visitantes. A ferramenta conta com 166 espaços públicos ou acessíveis ao público. Entre os sítios registados encontram-se, por exemplo, jardins, parques, montes, estações arqueológicas, lugares sagrados ou largos que apresentam um conjunto mínimo de infraestruturas de suporte a atividades recreativas, tais como zonas de estadia, parques de merendas, parques infantis, zonas de recreio ou desporto, cafés ou restaurantes, locais de feira, culto ou festa, percursos, miradouros, etc.

Por seu turno, o Portal RIOS destina-se a todos os interessados pelo património hidrográfico da AMP. O conteúdo dos relatórios de levantamento dos rios da AMP, disponível na ferramenta, inclui os seus rios mais importantes e com uma manifesta função estruturante da paisagem: Antuã, Arda, Ave, Caima, Douro, Febros, Inha, Leça, Paiva, Sousa e Ferreira, Tinto Torto e Uíma. Os rios definem sistemas estruturantes enquanto corredores que asseguram a conectividade ecológica (água, ar e biodiversidade) e são estruturas lineares de conectividade na paisagem com grande importância enquanto espaços prestadores de serviços ambientais ou de circulação de bens e serviços de natureza identitária.

 

 

Acções do Documento