Você está aqui: Entrada / Newsletter_DAPGU / N.33 / Lipor planta no Leça

Lipor planta no Leça

Em fevereiro de 2012 a Lipor associou-se ao FUTURO e com um grupo de colaboradores foram plantadas 290 árvores numa parcela contígua à Lipor II, na Maia.

No entanto, as cheias do rio Leça que aconteceram após a plantação foram muito nefastas para as pequenas plantas. Mais do que a água foi infelizmente a grande quantidade de resíduos transportados pelo rio que se acumularam em cima das plantas e causaram uma grande mortalidade (infelizmente apenas 5% das plantas sobreviveu). Assim, depois da limpeza e preparação recentemente do terreno pela Silvapor no âmbito do FUTURO, a Lipor recuperou o tempo perdido e, no dia 28 de março, devolveu ao seu terreno as plantas ripícolas, como o ulmeiro, freixo e sanguinho de água. Desta feita as plantas são de maior porte (estiveram 3 anos em crescimento no Horto Municipal da Maia).

Além dos colaboradores da Lipor e seus familiares, participaram a Semente, Port’ Ambiente e Citrup que estendeu o convite a alguns dos seus fornecedores locais.
 

Esta atividade é desenvolvida no âmbito do FUTURO - projeto das 100.000 árvores na Área Metropolitana do Porto, organizada pela Câmara Municipal da Maia, a LIPOR e o CRE.Porto. As árvores (todas nativas) são fornecidas pelo Projeto Floresta Comum. É cofinanciada pelo ON.2.


Marta Miranda Pereira | CRE.Porto

Acções do Documento